Mim


subscrever feeds

Quinta-feira, 16 DE Fevereiro DE 2006

Desejo


Não sei nada sobre ti. Nada.
Pelo menos e isso que afirmo. Afirmo-o numa tentativa de convencer a mim mesma que não te conheço. Eu conheço. Muito bem. Cada detalhe do teu corpo. Cada sinal. Conheço o cheiro do teu suor. O sabor da tua boca. O teu olhar. Aquele olhar de puto que me tira a roupa em silencio. Simplesmente porque os nossos corpos se unem num momento de amor que ninguém mais conhece. Nem nunca vai conhecer. E nosso. E nessa escuridão que tem tanto de assustadora como de bela, que devoramos o corpo um do outro, fazendo promessas de amor que tem tudo para ser cumpridas. E nessa escuridão avassaladora unimos as mãos, os suores, em que as peles se confundem, que damos asas ao nosso desejo e num momento único de amor, com olhares de relance apaixonantemente cansados de desejo, fazemos amor de novo. Afinal amor, eu conheço-te muito bem. Nego-o a mim mesma para que a descoberta de cada dia possa ser ainda mais maravilhosa.
Por Di às 23:32
Quinta-feira, 16 DE Fevereiro DE 2006

...

Escrevi isto a 03 de Dezembro de 2004.
Hoje finalmente vem a publico. Os sentimentos continuam os mesmos, mas com mais intensidade. Escrevi isto e hoje continuo a senti-lo cada vez que o vejo ir embora de novo. A paixao so se intensificou tal como o desejo e o nosso amor.


Sentei-me sobre a areia fria
E fixei o meu olhar gelado
sobre este mar parado de recordações.
Inalei a brisa dos sonhos
E embarquei na dor da tua ausência.
Naveguei sobre os medos,
E atraquei na esperança
Afoguei-me no terror e no pânico
De não te ter por perto
Chorei pelos beijos, pelos abraços
Carinhos e sorrisos
Que as ondas me levaram.
Sobre este vento forte fechei os olhos
E implorei a calma.
As lágrimas congelaram sobre este mar alto…
Ouço apenas o barulho das ondas
Sinto apenas a brisa do mar,
À distancia dos momentos,
Com feridas de saudade
Engulo as lágrimas e adormeço.

03.12.04
Por Di às 18:58
Quinta-feira, 16 DE Fevereiro DE 2006

O Teu Beijo

images.jpg
Sinto-me totalmente envolvida por ti. Não consigo caracterizar as emoções, as sensações, provocadas pelo teu beijo. Não e possível dizer mas maravilhas desse teu gesto de plenitude. Se fechar os olhos, consigo ver nitidamente a maravilhosa imagem do teus doces lábios a percorrerem os meus corpo. Também isso me marca muito, meu amor.
A cada dia, só te consigo desejar ainda mais. Permanece sempre na minha memória o momento em que me vais levar a esse campo de rosas. Eu espero. Pacientemente, espero que voltes e me envolvas de novo nesse teu mundo cheio de cor, a que me levas sempre que os teus lábios tocam os meus.

Por Di às 18:18
 

Fevereiro 2006

D
S
T
Q
Q
S
S
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
18
19
21
22
25
28
  • a água purifica sim...o pensamento...
  • ....mariza uma voz fabulosa que me emociona sempre...
  • Não foi fácil encontar-te... Digo-te que te procur...
  • E acho q foi o melhor q fizeste!! Boa miuda :)
  • Não poderia de todo passar aqui e não dizer nada.D...
  • E dificil dizer qualquer coisa....e neste tipo de ...
  • A foto e digna de um belo fotografo, não achas??lo...
  • Fico maluco com este tipo de posts....Como tu mesm...
  • O que aprendes-te amor?
  • belo

blogs SAPO


Universidade de Aveiro