Fechada na luz

É clara, transparente, produz em mim um efeito sombrio mas lúcido.

Sem mistérios, percorro-a lentamente com medo do meu rasto. Ele define-me.

Há muito que deixei de ir sempre a olhar para traz, agora limito-me a uma revisão rápida mas eficaz daquilo que considero ser minha existência. Não mudo nada. Fico quieta a olhar e a tentar perceber o porque daquela escolha quando tantas outras havia. são erros! Apenas isso. Vou aprender com eles e não tentar apaga-los.

Por Di às 21:26
|
Estou: