Sozinhos

ENAMORMARRON.jpg

Quando toda a harmonia deste mundo parece reunir-se nos nossos corpos, e pois assim que nos vemos no final.
Num estado de transe tal, em que os olhos reflectem a alegria das vivências maravilhosas que os corpos podem experimentar. E tudo momentâneo, mas a verdade e que estes momentos nos ficam gravados na memoria e são libertados cada vez que a saudade aperta o coração.
Pelo menos e assim eu as coisas funcionam em mim. Tudo o que vivo fica guardado num cantinho muito especial. Não penso nisso sempre. Apenas quando a solidão me afecta e sinto necessidade de ser feliz de novo.
Os momentos de amor, são guardados pelo meu subconsciente e postos no activo sempre o coração fica pequenino e pede com a voz de um gigante para que ceda as memorias e volte de novo a ser imensamente feliz.
Cada gesto, cada palavra, cada sorriso, cada gemido consegue ser visto no filme da minha vida.
Sou assim!
Quando sou feliz aproveito-o para sê-lo de novo quando a tristeza me possa afectar.
Deveríamos todos ser assim. Mas nem todos têm esta oportunidade. Apenas aqueles que amam e são amados.
Aqueles que vivem numa felicidade tão pequena quanto isolada, vivem apenas em contentamento. Pois a verdadeira felicidade esta em partilharmos o que nos traz os sorrisos e cor a vida.

Pensem nisto.

Talvez também vocês vivam apenas em contentamento. Acreditem que vale a pena partilhar e sentir que alguém permuta connosco.
Por Di às 14:15
|