...

As vezes acho que sou do pior! Que sou má! Que tenho a mania que tenho sempre a razão na pontinha do meu nariz...

 

Depois vejo algo que me balança o coração, a alma, os ossinhos todos e fico sem ponta de sangue que se possa mover entre veias que até então só conheciam o trago do veneno!

 

Um toque! Um momento de uma realidade que não existe, fez  ver que o que experimentamos não é a prática da teorica que se aprende nos livrinhos!!!!

 

 

Por Di às 01:00
|