...

Talves um dia consiga olhar nos olhos e deitar cá fora tudo o que me apetece..sem medo de magoar..sem medo de errar, mesmo sabendo que no dia seguinte já nem sinto nada..

 

É bem mais fácil trazer as magoas para casa e chorar sozinha atolando a cabeça nas almofadas..foi assim durante tempo..

 

Decidi que não!

 

Como se isso dependesse de mim disse a mim mesma que hoje não..talvez outro dia..mas não desta vez..

 

Já vascolhei as ideias em busca da uma razão que não fosse minha, porém, apenas consigo ver imagens de atitudes que me feriram e me desiludiram.

 

Pode ser que numa manha destas acorde e ja nem veja nada..pode..

 

Pode ser que seja mais uma longa-metragem da minha cabeça, que só nela se realiza e será sempre vazia de espectadores..pode..

 

Pode ser que me engane como fiz tantas outras vezes..pode..

 

Não sei..prefiro ficar quieta a assistir o final do meu proprio filme..

 

 

Por Di às 03:41
|
Estou: