Mim


subscrever feeds

Terça-feira, 30 DE Maio DE 2006

...

 

Todas as horas estou contigo.

Penso em ti.

Preocupo-me contigo.

 

Não sentes, a minha mão pode não apertar a tua, os nossos lábios podem não tocar, e os nossos olhares nem se cruzarem no infinito.

 

Mas, estou contigo. Sempre.

 

 

 

Por Di às 22:55
|
Terça-feira, 23 DE Maio DE 2006

Vem comigo!

 Porque estás tão triste?

Porque é que os teus olhos têm a escuridão como fundo?

 

Eu sei. Eu consigo ver.

 

Vem comigo!

 

Deixa que o meu colo, cale a voz da tua dor.

Deixa que seja ele o lenço das tuas lágrimas...

 

Deixa-me ver-te adormecer.

Deixa-me ver os teus sonhos. Fazer parte deles.

 

Deixa que os meus braços te embalem noite dentro.

Deixa que a minha alma isole a tua do sofrimento.

 

Deixa-me ser FELIZ contigo.

Deixa-me AMAR-TE.

Por Di às 20:57
|
Estou:
Sábado, 20 DE Maio DE 2006

O meu equilíbrio..

Até me sinto bem..

Fria, mas sinto-me bem..

Sozinha, mas bem..

 

Com vontade de chorar, porquê?

Não sei.

 

Apetece-me.

 

Estou assim.. Jogada em mim mesma.

 

Porquê?

 

Também não sei..nem quero.

 

Esta noite não.

 

Não quero saber de nada.

Nem me quero preocupar com nada.

Nem que me digam nada.

 

 

Quero apenas o meu silêncio..o meu equilíbrio..

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Por Di às 22:59
|
Quarta-feira, 17 DE Maio DE 2006

Saudades de ti

Tenho saudades das manhas em que acordamos juntos.

Tenho saudades do seu beijo sonolento mas tão apaixonado como no fim do dia.

Tenho saudades dos banhos, dos beijos molhados pelo chuveiro.

Saudades dos segundos a seguir as doze primeiras badaladas do ano 2006..

Tenho saudades da maneira lenta como a minha roupa se despia.

Saudade das gargalhadas barulhentas ate aos sorrisos tímidos…

Saudades da força com que apertou a minha mão… em todas as paragem do metro..

 

 

 Saudades do caminhar de mãos dadas naquela relva que acolheu o nosso romance.

Saudades das noites de amor, nas cama que suportava a nossa paixão.

Saudades do parque de estacionamento do hospital de Santo André…do calor do Alentejo..e das conversas daquela tarde.

Saudades do chão do apartamento da Figueira, dos braços que torneavam o meu corpo e zelavam pelo meu bem-estar.

Saudades dos passeios pelas serras..ao sabor do vento que nos levava na descoberta..

Saudades das horas passadas no comboio…numa viagem que parecia não ter fim.

Saudades do sofá..da lareira..da música…até do cão que não se calava..

Saudades dos momentos e das circunstancias em que recebia flores…

Da noite da minha primeira rosa..das músicas que acompanhavam sempre esses momentos…

 

 

 

 

Saudades de Ti...

 

Como eu te quero!!!!!!!

 

Como ainda te continuo a amar… Sempre.

 

Por Di às 21:21
|
Quarta-feira, 10 DE Maio DE 2006

...

 

Simples

Humano

Sensível

Atrevido

Amoroso

Divertido

Ambicioso

Amável

Amante

Alegre

Desejável

Educado

Dedicado

Delicado

Verdadeiro

Fascinante

Único

Autentico

Desembaraçado

Prestável

Lindo

Viril

Sedutor

 

É ele, o meu menino.

 

Parabéns meu amor.

 

Por Di às 14:48
|
Estou:
Segunda-feira, 08 DE Maio DE 2006

Depois....

A solidão minha, é algo que vem devagarinho e vai pairando no meu ar. Contamina o meu sorriso e normalmente só vai embora após um longo pranto. Tento contrariar isto a todo o custo.

Dói, dói muito mesmo.

 E depois?

Depois nada. Fico enrolada em mim mesma, a tentar com que a passagem deste tempo doa menos. Aprendi a viver com isso. Afinal, o dia de amanha será novo e poderei ser diferente.

Talvez ninguém compreenda. Mas a verdade é que fico assim num simples segundo. Mergulho num silêncio árduo que me moí a alma e me começa a levar ao desespero.

 E depois?

Depois nada. O relógio avança e a minha raiva,aquela que só eu sinto e só eu sou capaz de compreender vais ficando pequenina..Nada posso fazer.

E depois??

Depois, resta-me agarrar-me ao meu amor...

 

Por Di às 21:06
|
Estou:
Sábado, 06 DE Maio DE 2006

Coimbra

 

Estava sentada nessa rua de escuridão e de alarido.

De olhos fixos no mundo que corria, que ria, que gritava nessas artérias onde as guitarras também falavam.

Enrolada nesse negro, pensava em como tinha lutado, em como tinha ansiado por tudo aquilo. Agora estava ali. Era o meu momento. Meu e de tantos outros que vadiavam pelas ruas levados pelo som dessa Coimbra em noite de alegria.

Nada nos move com tanta força como a aflição, por viver aquilo a que temos direito.

Feliz daquele que se envolve no mundo e com o mundo é feliz;

Feliz do que ama, ao som desta cidade, nas noites desta alegria.

Felizes dos amantes que revelam sobre a capa negra esse amor gerado e cultivado numa rua de Coimbra

 

Eu sou feliz.

 

Por Di às 15:20
|
Estou:
Segunda-feira, 01 DE Maio DE 2006

Meu menino..

 

Há luz dessa esperança do momento, vou vivendo os meus dias.

Terminou mais um.

Foi puro, simples, recheado de sorrisos que já fazem parte de mim.

Foi vivido a tentar aproveitar cada pedacinho dele.

Foi vivido na esperança de que as horas não passassem e eu pudesse ser novamente e cada vez mais feliz.

Entristece ver que já acabou, que resta agora este silêncio…resta apenas o cheiro e um pouco do sabor dos seus lábios que ainda permanece.

Resta-me parar agora e pensar em como me faz feliz, em como é delicado, em como os seus olhos são a janela do meu horizonte.

Sobram agora estes longos minutos em que reconheço o seu carinho, em que a falta do seu abraço me assalta, em que o meu coração rasga-se em pedacinhos e se espalha na sua imagem distante.

Penso em como é belo, como é homem de carne e espírito, em como o toque celeste me acalma.. em como amansa esta alma inquieta, com sede de carinho, sempre.

Cultivo os meus sonhos e objectivos sempre com essa imagem do meu lado.

Sei que o meu anjo vai tar sempre aqui.

Sei que o meu menino sera sempre o meu anjo.

 

 

Por Di às 21:18
|
Estou:
 

Maio 2006

D
S
T
Q
Q
S
S
1
2
3
4
5
6
7
8
9
11
12
13
14
15
16
18
19
21
22
24
25
26
27
28
29
31
  • a água purifica sim...o pensamento...
  • ....mariza uma voz fabulosa que me emociona sempre...
  • Não foi fácil encontar-te... Digo-te que te procur...
  • E acho q foi o melhor q fizeste!! Boa miuda :)
  • Não poderia de todo passar aqui e não dizer nada.D...
  • E dificil dizer qualquer coisa....e neste tipo de ...
  • A foto e digna de um belo fotografo, não achas??lo...
  • Fico maluco com este tipo de posts....Como tu mesm...
  • O que aprendes-te amor?
  • belo

blogs SAPO


Universidade de Aveiro