Adeus Maria

                                

 

 

 

 

Passou uma semana desde que foste embora. Começo a perceber a tua ausência.

Embora me recuse a acreditar, a verdade é que tenho que aceitar.

Mesmo depois de ter visto ainda não acredito.

Tudo acabou.

 

Acompanhei os teus últimos dias. E quando ganhei coragem e esperança para enfrentar e tentar tornar mais felizes os teus dias seguintes partis-te e nem te despedis-te!

Não dizias nada mas eu sabia, sentia que a tua dor era grande. Sabia que pedias a Deus para Ele te levar. Eu sempre soube disso. Via-o no teu olhar perdido todos os dias.

No dia antes de partires, senti-me tão estranha ao vir embora! Olhei para ti e lembro-me do teu olhar infeliz. Será que sabias que seria o nosso ultimo olhar?

 

 

Estava muita gente no teu funeral, viste? Levaram-te flores, muitas flores!!! Todos tinham algo para dizer sobre ti. Todos lamentam e sei que de alguma forma sentiram tua falta.

Eras muito querida por todos.

 

O teu sorriso, as frases características com que nos habituas-te, vão ficar para sempre na nossa memoria. Na minha em especial, ficaram os conselhos e momentos que passamos juntas. A tua vida não foi fácil, carregada de solidão e por um luto que aprendi a odiar. Mas nunca deixas-te por isso de ser bela, e de ter coragem no dia seguinte. Conseguias transmitir alegria e satisfação em tudo o que dizias.

 

 

Há tanta coisa que te queria dizer agora. Que só agora sei. Que só agora tenho coragem de te dizer.

Sei que estás feliz agora! Sinto-o. Não sei explicar mas sinto. Sei que estás em paz, e junto do avô. Espero que lhe tenhas dado o meu beijo.

 

Vou continuar a viver. Vou recordar-te todos os dias. Sempre. Para sempre.

 

Adeus Maria.

 

 

Por Di às 18:44
|
Estou: