...

Existiram momentos em que me senti realmente perdida.

Realmente sozinha.

Tive instantes em que as lágrimas correram na minha face. Sem a minha permissão. Silenciosas. Lentas. Tão dolorosas.

Ápices em que a revolta e indignação girava em torno de mim.

 

Tive sempre força…

 

Lembra-te sempre de mim.

 

Por Di às 01:14
|
Estou: Sem saber como ajudar...